10 março 2009

TIM Web: A farsa do Pacote Ilimitado


Matemática. A TIM, e tantas outras operadoras de telefonia não devem lembrar muito dessa disciplina. Ou então talvez alguém esqueceu de ensinar a eles que um carro (A) a 50km/h só consegue percorrer 50km em 1h, enquanto um carro (B) a 100km/h pode ... olha só ... percorrer 100 km no mesmo tempo.

Mas é claro, não podemos esquecer que os motores destes carros possuem limitações. Mecânica e etc. Então, vamos imaginar que o máximo, em 100% de performance, num "Sistema Ideal" (essa veio das aulas de Física), de velocidade que eles podem atingir sejam, respectivamente 50 km/h e 100 km/h.

Continuando neste simples exemplo, fica fácil determinar quantos kilometros cada carro pode percorrer em 1 mês (de 30 dias - Fevereiro não faz parte do S.I... certo?):


CarroVelocidade1 dia1 mês
A50 km/h1.200 km36.000 km
B100 km/h2.400 km72.000 km


Ora vejam só. O carro B consegue percorrer em 1 mês o dobro que o carro A! :-) A matemática é fascinante, não? Tenho certeza que você leitor conhece muito bem esta maravilhosa disciplina. Mas eu preferi revisar para que possamos alinhar nossos pensamentos, e tentar nos próximos parágrafos, entender que tipo de Matemática os gênios do Departamento de Produtos das operadoras, utilizaram para definir os planos de Internet Banda Larga 3G.

Vamos às compras!

Que tal começarmos com a mais poderosa, a que... não possui limites! Ou melhor, a que "vive sem fronteiras! A TIM!! Esta operadora oferece incríveis "carros" para o consumidor brasileiro. Os 3 planos "ilimitados" de 600Kbps, 1Mbps e 7Mbps. Antes de calcularmos estas velocidades, vamos revisar as siglas de transferência de dados e de taxas de comunicação.

Kbps / Mbps = taxas de comunicação
Estas referem-se à velocidade em que o seu modem, ou o celular, se comunica com a central. Devemos ler desta forma: Kbps = Kilo bits por segundo. Ou, Mbps = Mega bits por segundo.
Observação: Kilo = mil; Mega = milhão.


KBs ou MBs = taxas de transferência de dados
Estas referem-se à velocidade que nós estamos acostumados a visualizar nos programas de download. Algo como... "nossa, baixei um MP3 a 80KBs!".

A diferença entre estas notações está na letra "B". Quando minúscula, significa "bit". E maiúscula, significa "byte". Para realizarmos o cálculo do máximo que cada plano pode trafegar (ou percorrer) no mês, vamos converter os planos para as taxas que entendemos melhor:

600 Kbps = 075 KB/s 001 Mbps = 125 KB/s 007 Mbps = 875 KB/s
Não entendeu? 1 byte possui 8 bits. Então basta dividir 600 por 8. ;-)

Ok. Melhorou assim? Tenho certeza que sim. Agora, que tal aquela tabela dos carros, mas agora vamos ver como ficam os planos. Primeira coisa que precisamos fazer, é calcular quantos KBs podemos trafegar por hora. Huma hora possui 3600 segundos. Então:

PlanoVelocidade1 hora1 dia1 mês
600 Kbps75 KB/s263 MB6 GB189 GB
1 Mbps125 KB/s440 MB10 GB308 GB
7 Mbps875 KB/s3 GB72 GB2 TB


Nossa!! Você viu quanto que o plano de 7 Mbps pode baixar de dados? 2 Tera bytes! Isto permitiria você vender a sua televisão e daqui pra frente assistir somente ao YouTube! Televisão online, rádio online, tudo! Incrível, não? :D Pena que isto só aconteceria num "Sistema Ideal", onde as operadoras possuissem infra-estrutura de qualidade que aguentasse toda esta demanda.

Mesmo em um sistema heterogêneo, com variações nas velocidadesdevido a condições naturais como clima, localização, prédios e interferências de outras antenas, estes valores teriam uma variação em média de 35%. Ainda assim continuaria elevado demais para o que as operadoras podem efetivamente atender. Ora, qual a solução? Um rapaz no canto da sala, provavelmente estagiário no Departamento de Produtos, recém chegado do Departamento de Marketing, com toda a sua experiência em anunciar o que não pode oferecer, sugeriu: "vamos colocar uma cláusula que diga que possamos diminuir a velocidade a qualquer momento!". Ninguém lembra o nome dele, mas eu juro que o filho da mãe recebeu uma bela de uma bonificação!

Pronto. As operadoras resolveram o problema da falta de infra-estrutura. Ao invés de investir para agradar os clientes, eles preferiram irritar os clientes, cobrar caro, e a bom gosto limitar os pacotes para que as suas infra-estruturas de redes não entrassem em colapso geral.

Vamos ver na prática a solução sugerida pelo fdp do estagiário. No caso da TIM, após transferir (não importa se é upload ou download) pela rede o total de 1GB, ela tem direito de reduzir a velocidade do cliente para qualquer valor que a mulher do presidente cuspisse no prato pela manhã, no dia em que o infeliz estava redigindo o contrato. Ela cuspiu, vejam só... 200! Sim... 200 Kbps é o limite imposto pela TIM. Sabe o que isso significa? Um carro lento. Lento pacas! Mais lento que os planos básicos de Internet Discada (aquelas do barulhinho estranho vindo do computador). E para piorar, esta velocidade é imposta para qualquer plano. Isso meu garoto: qualquer. Não importa se você possui 7Mbps ou 1Mbps. Quando você estourar 1GB, vai a 1/3 daquele seu vizinho pobre que só pôde assinar o plano de 600 Kbps. A única diferença entre vocês, é que o vizinho pobre só vai estourar 1GB, mesmo que em um sistema ideal, alguns dias depois de vocês. Vamos ver algumas tabelas:

Primeiro, vamos ver o limite que a TIM impõe para TODOS os seus clientes dos tais "Pacotes Ilimitados"


LimiteVelocidade1 hora1 dia1 mês
200 Kbps25 KB/s88 MB2 GB61 GB


Esse meus amigos, é o máximo de dados (arredondado é claro), que vocês poderão obter e/ou enviar pela Internet: 61 Giga bytes em 30 dias - não importa o plano que você contratar. Ele possui limite sim. E mesmo que você contrate o de 7 Mbps, não adianta. :-) Sabe porquê?

Por causa deste cálculo: saber em quanto tempo a franquia de 1GB é atingida em cada plano. Para isso, basta dividir a velocidade em KB/s de cada plano, pelo valor de 1GB em KB (1024MB * 1024K = 1048576). Nesta mesma tabela, coloquei também o preço de cada plano, para você entender o que você realmente está pagando:

PlanoVelocidadeFranquia 1GB emPreço
600 Kbps75 KB/s233 minutosR$ 89,90
1 Mbps125 KB/s139 minutosR$ 119,90
7 Mbps875 KB/s20 minutosR$ 189,90


Rapidamente a explicação: quem assinou o plano de 7 Mbps, atinge a franquia de 1GB em apenas 20min de uso intenso da Internet (sim, vendo YouTube ou assistindo a CNN, Globo News, etc). O cara que tinha menos grana, estoura a franquia de 1 Mbps após longos 139 minutos. Já o cara que mal tem dinheiro pra comprar um mouse sem fio, estoura o seu plano em 233 minutos. Ai dele se ele for assistir um filme de 4 horas e deixar o computador baixando arquivos.

Após estes períodos, todos estarão reduzidos aos míseros 200 Kbps. Ou seja, Tem gente pagando R$ 189,90 para ter Banda Larga de verdade por apenas 20 min, e que só terá este poder, no próximo mês. Minha dica: vá pelo menor plano, sempre. Se você quer mesmo ter uso intensivo da Internet, melhor esquecer os planos 3G.

Ah, aqui fica uma nota para os entendedores. A ANATEL exige que qualquer operadora cumpra com pelo menos 10% da velocidade contratada. É notório que 200 Kbps está longe dos 10% do plano de 7 Mbps! E agora? O que fazemos? Sentamos e choramos, pois o que se vê por ae é muita gente reclamando e pouca entidade (Anatel, OAB, Ministério Público) tomando uma atitude contra as operadoras.

Uma vergonha...

[]'s
Bruno
Postar um comentário
Contato

Email:bruno.borges(at)gmail.com

LinkedIn: www.linkedin.com/in/brunocborges
Twitter: www.twitter.com/brunoborges
Comprei e Não Vou
Rio de Janeiro, RJ Brasil
Oracle
São Paulo, SP Brasil