02 julho 2008

iPhone, problemas e clone de cachorro

Então você foi um daqueles apressados que comprou um iPhone antes mesmo de uma empresa brasileira oficialmente lançá-lo no Brasil. Legal, bacana... você desbloqueou e habilitou seu chip da TIM/Claro/Vivo/BrT ou Oi! nele. Show de bola. Apesar de mesmo você saber que o iPhone não é o melhor celular do mercado, você se encantou com a sua beleza, seus efeitos, gráficos e até a frescurinha do toque de tela. Apesar de você não ter se importado com o fato de ele não ser 3G nem com a falta de flash na câmera ou sua baixa resolução, achou ele sexy e pop, gostou da idéia de ter um celular sem teclado e poder girar no ar e ver a imagem ser orientada automaticamente. Você tanto não ligou para tantos detalhes, que também não se importou com o detalhe do preço: pagou o que tinha que pagar para trazê-lo do exterior.

Agora você possui um iPhone que não é 3G, comprado no exterior, sem contrato com uma operadora brasileira e sem uma nota fiscal legítima de contrato com a Apple. Meus pêsames, mero mortal. Você é só mais um que compra lançamentos para querer aparecer no colégio com o último hype do mercado, ou no trabalho mostrar cada detalhe inútil que você encontra no aparelho. Passa horas no café brincando com seu iPhone à espera de algum curioso aparecer e perguntar-lhe: "Nossa! Um iPhone! O que tem nele?" e você poder mostrar-lhe a gata que limpa a tela ou a pipoca estourando para depois ser comida num patético efeito de ótica.

Agora meu amigo, você possui um iPhone que não é 3G, sem contrato e sem qualquer utilidade. Não adianta chorar na Claro ou na TIM - operadoras com maiores chances de lançar o iPhone 3G no Brasil - pois elas não vão trocar seu aparelho pelo novo. Agora meu amigo, você possui um junk gadget. Enquanto outros - mais inteligentes e pacientes - comprarão um modelo melhor, e com contrato para futuras trocas, você se pergunta: "O que farei com meu Junk iPhone?". O site MacWorld responde:
  • Calço para aquela mesa da sua avó, penca (a mesa, não a sua avó!), na sala
  • Isca para assaltantes - deixe no carro para caso um ladrão apareça. "Pode levar!!"
  • Espelho para a sua namorada retocar a maquiagem
  • Peça para gerar conversa - "Ei... isso daí é aquele iPhone antigo?!?!"
É meu amigo. Você pensou que era o esperto... Esperto é o Steve Jobs que já sabia há muito tempo que ele mesmo lançaria um 3G. Ou você acha que nos laboratórios da Nokia já não exista um skin-cellphone?

Deveriam fazer alguma coisa sobre todos os problemas
Ao invés de clonarem cachorros por ae...

Enquanto lia um artigo, o autor mencionou um outro artigo escrito em 21 de agosto de 1996. O site The Onion escreveu sobre os problemas do nosso dia-a-dia. Por que ninguém resolve as coisas mais simples da vida?! Assim que terminei de ler, atualizei meu Google Reader e li esta notícia: Cachorro que ajudou a achar vítimas do 11/09 será clonado nos EUA.

Sério... o que leva a empresa BioArts International a clonar um cachorro de 15 anos com problemas degenerativos?!
De acordo com a empresa, especialistas acreditam que sua condição pode estar ligada ao tempo que ele ficou em contato com os gases tóxicos do local do atentado.
É um problema degenerativo nas patas traseiras. Ele tem 15 anos, pelo amor de Deus!! Até parece que uma poeira iria afetar a pata de um cachorro!!

Porém, lembro-me agora de quando assisti ao filme Sicko do Michael Moore. Lá, uma pessoa (não um cachorro) do 11/9 aparece com problemas respiratórios, graças à poeira da destruição, enquanto ela resgatava sobreviventes. Mas ela custou a encontrar ajuda do governo ou de empresas/hospitais particulares. Como é dito no The Onion:
We're living in a time with super computers and underwater sea stations and million-dollar laboratories. And still, everyday when I watch the TV news shows I see all sorts of problems! [...] So many people are dying in the world. We have laser surgery, don't we? Isn't somebody using that? They put a baboon heart in a human, you know. They can make body parts out of plastic and put little camera probes in your body. Then why are there so many people dying?
É triste isso. Sério. Clonar um cachorro?! Pra quê ?!?! Por que não ajudam com as famílias pobres de New Orleans que ainda sofrem com o Katrina, ou não usam toda essa tecnologia via satélite e acabam logo com as plantações de coca na Colômbia? Ou então melhoram o transporte das cidades caóticas como São Paulo. Sério. Alguém deveria parar de resolver problemas inúteis e olhar para os verdadeiros problemas do nosso dia-a-dia - da humanidade.

E você, quais problemas no seu dia-a-dia gostaria que a Física Quântica, ou o supercomputador da IBM, ou ainda a NASA resolvesse? Comente... :-)

Ah... já decidiu o que fazer com o seu iPhone? Problemão esse, não?! :-P

[]'s
Postar um comentário
Contato

Email:bruno.borges(at)gmail.com

LinkedIn: www.linkedin.com/in/brunocborges
Twitter: www.twitter.com/brunoborges
Comprei e Não Vou
Rio de Janeiro, RJ Brasil
Oracle
São Paulo, SP Brasil