19 junho 2008

HP inicia desligamento de profissionais da EDS

Extra! Extra! HP compra a EDS! ... Você não soube disso?! Ora, em que mundo você vive? :-) O mercado de TI está super aquecido. É o Yahoo! com quedas consecutivas no valor de suas ações, a Microsoft tomando na cabeça com (outro tipo de) ações: anti-truste; o Google dominando o mundo (que logo logo, comprará o Yahoo! - só está à espera de um preço justo nas ações... aguarde).

Bem, notícias antigas e previsões deixadas de lado, a última notícia é que o óbvio aconteceu: a HP ordenou o fechamento de escritórios da EDS. Por enquanto, o primeiro de que tenho notícias é aqui no Brasil. O escritório da EDS em Florianópolis encerrará suas atividades nos próximos 2 meses. Bom para a HP, bom para o mercado, péssimo para os profissionais de Florianópolis, que irão saturar o mercado local que hoje conta com pouca oferta de trabalho. Resultado: salários baixos para a área de TI na Ilha da Magia. Mas será que isso é realmente bom para o mercado?

É triste ver a cidade com o maior potencial tecnológico hoje no Brasil, ter ótimos profissionais sendo mal remunerados por empresas que instalam na ilha somente as equipes de desenvolvimento, enquanto negociam em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e no exterior, contratos exorbitantes sem valorizar justamente seus profissionais. Se você não conhece, o mercado de Florianópolis oferece hoje uma média salarial de R$ 2.500,00 para desenvolvedores Java Pleno. Achou muito? Talvez se você acabou de sair da faculdade e possui 1 ano de experiência com a tecnologia, pode parecer. Mas acredite, em outras cidades com custo de vida similar ao de Florianópolis (Rio, Sampa e Brasília), este profissional atinge salários de até R$ 5.000,00, com média de R$ 4.500,00. Hmmm... quase 100% a mais!! Isso significa que se você trabalhar para uma empresa em Floripa que fecha contrato em São Paulo, esta empresa possui um faturamento quase 100% maior que as outras. Acha justo? Ilegal não é, é verdade. Mas se o profissional sabe que recebe um salário injusto, trabalhará desmotivado e estará constantemente em contato com outras empresas para melhorar seu salário: emprego temporário foi o que você, empresário, deu a ele.

Estas empresas com frequência reclamam da dificuldade de encontrar bons profissionais, e quando encontram querem oferecer salários de mercado ou até mesmo abaixo disso. Pessoal do RH, aqui vai uma dica: ofereçam salários justos para os profissionais e vocês não terão que anunciar a vaga novamente após 6 meses, quando este profissional receber uma oferta melhor. Outra dica ao pessoal de RH: dêem reajustes salariais anualmente, quando vocês possuem dinheiro em caixa para uma nova contratação com teto salarial superior autorizado pela gerência: é melhor manter um bom profissional do que ter que adaptar um novo ao ambiente da empresa.

Os profissionais da EDS atendem um nicho de mercado aquecido: desenvolvedores Java, Cobol, .NET; DBAs Oracle, gerentes de projetos e analistas. É possível ter um time completo para um novo projeto com estes profissionais - todos muito bem qualificados. Se você que lê este blog é de algum RH, entre em contato comigo que farei ótimas indicações. Se você é profissional da área e está em Florianópolis, cuidado com as ofertas: não aceite qualquer barganha. =)

[]'s!
Postar um comentário
Contato

Email:bruno.borges(at)gmail.com

LinkedIn: www.linkedin.com/in/brunocborges
Twitter: www.twitter.com/brunoborges
Comprei e Não Vou
Rio de Janeiro, RJ Brasil
Oracle
São Paulo, SP Brasil